O que é que está incluído num plano ou estratégia nacional para as doenças raras?

O objetivo principal de um plano ou estratégia nacional para as doenças raras é reconhecer estas doenças enquanto prioridade nacional de saúde pública e definir vias de cuidados de saúde específicos a nível nacional que venham a reduzir a sobrecarga que representam para quem delas sofre, para as suas famílias e para os cuidadores. Leia mais.

Um plano/estratégia inclui medidas nacionais relevantes para melhorar os cuidados em cada fase do percurso do doente, do diagnóstico ao acesso aos tratamentos e terapias, passando pelo acompanhamento a longo prazo e os cuidados e serviços sociais. Um plano/estratégia nacional para as doenças raras costuma incluir medidas para promover investigação inovadora no domínio das doenças raras. Cada medida necessita de ser associada a um orçamento definido.

Um plano/estratégia nacional requer uma governação constituída por uma comissão multiparticipada (incluindo representantes dos doentes) que monitorize a concretização das medidas nacionais nos prazos acordados e segundo os indicadores de saúde pública.

Doenças Raras: um domínio de elevado valor acrescentado a nível europeu

Devido à raridade, heterogeneidade e complexidade de cada uma das mais de 6000 doenças raras não há país que, por si só, consiga dar solução aos problemas em torno das doenças raras. É por isso que a ação europeia, para juntar os escassos conhecimentos e competências especializadas de forma transfronteiriça tem um valor acrescentado tão grande.

Nas doenças raras, as políticas nacionais estão intrinsecamente associadas às políticas europeias. As políticas e os regulamentos que foram desenvolvidos para incentivar a colaboração transfronteiriça têm de ser integrados nas políticas nacionais.

A 8 de junho de 2009, os ministros da Saúde dos 28 Estados-membros da UE adotaram a Recomendação do Conselho relativa a uma ação europeia em matéria de doenças raras, recomendando aos Estados-membros que «elaborem e aprovem um plano ou estratégia [...] destinado a gerir e estruturar as ações pertinentes no domínio das doenças raras no quadro dos sistemas sociais e de saúde dos Estados-membros».

As áreas estratégicas a seguir indicadas constituem a espinha dorsal de um plano ou estratégia nacional para as doenças raras nos países europeus:

  1. Governação
  2. Definição, codificação, inventariação das doenças raras e dos registos de pessoas com doenças raras
  3. Investigação (incluindo o desenvolvimento de medicamentos órfãos e tratamentos inovadores)
  4. Centros de Referência e Redes Europeias de Referência (RER)
  5. Serviços sociais e programas adaptados às doenças raras
  6. Capacitação das associações de doentes
  7. Sustentabilidade do plano ou estratégia nacional

Clique aqui para aceder à lista das principais recomendações e políticas europeias, bem como aos documentos da EURORDIS necessários para conceber e elaborar um bom plano ou estratégia nacional para as doenças raras, uma valiosa compilação de referências essenciais que podem ser utilizadas como ferramentas para que a promoção da causa das doenças raras se traduza em melhorias concretas a favor da sua Comunidade Nacional das Doenças Raras.

Page created: 04/04/2019
Page last updated: 04/04/2019
 
 
A voz das pessoas com doenças raras na EuropaEURORDIS A voz internacional das pessoas com doenças raras, Rare Diseases InternacionalRare Disease International Reúne doentes, famílias e especialistas para partilhar experiências num fórum multilinguístico. RareConnect O programa Rare Barometer é uma iniciativa da EURORDIS para a realização de inquéritos para transformar a experiência das pessoas com doenças raras em números e factos que podem ser partilhados com os responsáveis pela tomada de decisões.Rare Barometer An international awareness raising campaign taking place on the last day of February each year, Rare Disease Day is a EURORDIS initiativeRare Disease Day Adira ao maior encontro europeu das partes interessadas no âmbito das doenças raras na Conferência Bienal Europeia sobre Doenças Raras e Produtos Órfãos. A ECRD é uma iniciativa da EURORDISEuropean Conference on Rare Diseases