Posições Oficiais

A EURORDIS apresentou duas Posições Oficiais distintas na área da investigação sobre Doenças Raras que examinam os princípios que subjazem à investigação das doenças raras e as áreas prioritárias para a próxima década. Os dois textos estão intimamente ligados e foram publicados num documento conjunto.

EURORDIS Position Papers

Porquê a investigação sobre Doenças Raras? publicado em outubro de 2010, delineia os fundamentos éticos, sociais, económicos e científicos em que assenta a investigação das doenças raras. Esta Posição Oficial apela à intervenção política pública para colmatar as lacunas ainda por superar neste campo: investimentos de curto prazo, a grande maioria das doenças raras que carecem de um projeto de investigação ou de uma «comunidade» de investigação, dispersão de recursos e conhecimentos especializados, investigação escassa em economia da saúde e áreas sociopsicológicas.

A investigação das doenças raras não deve ser realizada de forma isolada face à investigação em saúde geral, pois a introdução de inovação contribui para a competitividade global da UE numa sociedade baseada no conhecimento. No entanto, as doenças raras necessitam de ser uma prioridade à parte de investigação em saúde. Consequentemente, deve ser proporcionado apoio orçamental substancial para pesquisa das doenças raras por uma série de razões éticas, sociais, económicas e científicas.

O documento sobre políticas da EURORDIS Prioridades e necessidades dos doentes quanto à investigação das doenças raras 2014-2020 (outubro de 2011)  baseia-se em conclusões e reflexões levadas a cabo nos últimos anos, proporcionando uma análise robusta do estado da arte da investigação sobre doenças raras e apresentando uma proposta estratégica global que define as prioridades específicas a médio e longo prazo (até 10 anos).

Este trabalho abrangente faz referência à investigação em todas as doenças raras, abrangendo a investigação fundamental clínica, translacional, epidemiológica e sobre serviços sociais e de saúde, identificando áreas prioritárias. Além disso, também ilustra os instrumentos e as abordagens que devem apoiar a investigação sobre as doenças raras, enfatizando o papel dos doentes como parceiros ativos na investigação, a importância de integrar as iniciativas nacionais, europeias e internacionais para reunir conhecimentos escassos, e a necessidade de soluções financeiras sustentáveis que garantam que a investigação bem-sucedida não é interrompida. 

 

Mais informações
 

 

Page created: 13/01/2014
Page last updated: 06/11/2014
 
 
A voz das pessoas com doenças raras na EuropaEURORDIS A voz internacional das pessoas com doenças raras, Rare Diseases InternacionalRare Disease International Reúne doentes, famílias e especialistas para partilhar experiências num fórum multilinguístico. RareConnect O programa Rare Barometer é uma iniciativa da EURORDIS para a realização de inquéritos para transformar a experiência das pessoas com doenças raras em números e factos que podem ser partilhados com os responsáveis pela tomada de decisões.Rare Barometer An international awareness raising campaign taking place on the last day of February each year, Rare Disease Day is a EURORDIS initiativeRare Disease Day Adira ao maior encontro europeu das partes interessadas no âmbito das doenças raras na Conferência Bienal Europeia sobre Doenças Raras e Produtos Órfãos. A ECRD é uma iniciativa da EURORDISEuropean Conference on Rare Diseases