Aumentam os ensaios clínicos que recrutam doentes fora da Europa

Globo à lupa

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) publicou um relatório em abril sobre a localização geográfica dos ensaios clínicos incluídos nos pedidos de autorização de introdução no mercado submetidos à Agência. O relatório revela que, dos doentes recrutados para ensaios clínicos, mais de 60% eram de fora do Espaço Económico Europeu (EEE) e da Suíça. Também existem dados, que serão disponibilizados brevemente, para os medicamentos órfãos. Qual é o significado disto para os doentes com doenças raras da UE?

O relatório da EMA mostra que os ensaios clínicos diminuíram de 32% para 19% durante o período de observação (2005-2011) nos 15 Estados-Membros iniciais da UE, mais a Noruega, Islândia e Liechtenstein. Em consequência disso, as pessoas com doenças raras que vivem nestes países e noutros Estados-Membros da UE estão a ser privadas de oportunidades para participar em ensaios clínicos. O relatório vem confirmar os temores de que a investigação está a ser desviada para fora da Europa devido aos procedimentos administrativos complexos e onerosos que a Diretiva 2001/20/CE (Diretiva relativa aos Ensaios Clínicos) veio estabelecer para a realização de ensaios clínicos na UE.

Instituições europeias de referência na investigação médica, como a European Science Foundation (Fundação Europeia da Ciência) e a Academy of Medical Sciences (Academia de Ciências Médicas), defendem a introdução de reformas na Diretiva relativa aos Ensaios Clínicos, afirmando que na sua versão atual esta dificulta a investigação de tratamentos com potencial para salvar vidas sem acrescentar nada à segurança dos doentes, que é aquilo para que supostamente deveria servir. A Diretiva relativa aos Ensaios Clínicos tem sido acusada de ser responsável por aumentar os custos e o tempo necessário para dar início aos ensaios clínicos devido à burocracia pesada e complexa a que obriga, e levando desse modo a investigação médica para fora da UE.

Em consequência disso, a Comissão Europeia, em julho de 2012, adotou uma Proposta de Regulamento do Parlamento Europeu e do Conselho relativo aos ensaios clínicos de medicamentos para uso humano e que revoga a Diretiva 2001/20/CE. Este processo de revisão está atualmente a decorrer. Foi publicado um Projeto de Relatório em janeiro de 2013 e foram apresentadas 713 emendas até ao final do prazo para a respetiva submissão – 26 de fevereiro –, incluindo uma Emenda importante proposta pela EURORDIS que ajuda o Estado-Membro declarante e os Estados-Membros envolvidos a fornecer uma avaliação bem informada da sua aplicação através da consulta ao Grupo de Trabalho dos Pareceres Científicos (SAWP) da EMA. Considerando que o conhecimento relativo a cada uma das mais de 6000 doenças raras identificadas até à data é frequentemente escasso a nível nacional, o SAWP está mais bem colocado para fornecer o conhecimento necessário. A legislação revista sobre os Ensaios Clínicos será votada pela Comissão do Ambiente, da Saúde Pública e da Segurança Alimentar do Parlamento Europeu no dia 29 de maio. A votação em plenário está prevista para junho de 2013.

Tradutores: Ana Cláudia Jorge e Victor Ferreira

 

Page created: 07/05/2013
Page last updated: 30/09/2016
 
 
A voz das pessoas com doenças raras na EuropaEURORDIS A voz internacional das pessoas com doenças raras, Rare Diseases InternacionalRare Disease International Reúne doentes, famílias e especialistas para partilhar experiências num fórum multilinguístico. RareConnect O programa Rare Barometer é uma iniciativa da EURORDIS para a realização de inquéritos para transformar a experiência das pessoas com doenças raras em números e factos que podem ser partilhados com os responsáveis pela tomada de decisões.Rare Barometer An international awareness raising campaign taking place on the last day of February each year, Rare Disease Day is a EURORDIS initiativeRare Disease Day Adira ao maior encontro europeu das partes interessadas no âmbito das doenças raras na Conferência Bienal Europeia sobre Doenças Raras e Produtos Órfãos. A ECRD é uma iniciativa da EURORDISEuropean Conference on Rare Diseases