A confiança nos doentes continua – o Comité dos Medicamentos Órfãos elege pela terceira vez um representante dos doentes como Vice-Presidente

Lesley Green, Vice-presidente

Na semana passada, o Comité dos Medicamentos Órfãos (COMP) assistiu ao início de uma nova era com a eleição para Presidente do Professor Bruno Sepodes e para Vice-Presidente de Lesley Green, representante dos doentes e membro da EURORDIS. Lesley foi eleita por unanimidade, prosseguindo assim a tradição de o cargo de Vice-Presidente ser ocupado por um representante dos doentes. Mais boas notícias: a representante dos doentes membro da EURORDIS Birthe Byskov Holm e a representante da EGAN Pauline Evers voltaram também a ser nomeadas pela Comissão para mais um mandato.

O Professor Sepodes sucede à Professora Kerstin Westermark, que concluiu o máximo de 2 mandatos (6 anos) como Presidente do COMP. A Professora Westermark, entusiasta apoiante da participação dos doentes, continuará no Comité enquanto representante da Suécia. O Professor Sepodes é docente da Universidade de Lisboa e contribui com a sua experiência enquanto membro da Comissão de Avaliação de Medicamentos do INFARMED (Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde). Desde 2008 que é membro do COMP, nomeado pela Comissão Europeia sob recomendação da EMA.

Lesley é membro do Comité desde 2009, contribuindo com a sua experiência pessoal enquanto mãe de uma pessoa com uma doença metabólica rara e experiência em ensaios clínicos, bem como um sólido conhecimento do processo de desenvolvimento de fármacos. Há muito que é um membro ativo da comunidade das doenças raras, trazendo assim consigo uma experiência de 20 anos como representante dos doentes.

O COMP tem a particularidade de ter sido o primeiro dos comités científicos da Agência Europeia de Medicamentos a incluir representantes dos doentes como membros plenos. Entretanto, a este seguiu-se o Comité Pediátrico, o Comité de Terapias Avançadas e o Comité de Farmacovigilância e Avaliação do Risco. Desde a sua criação, em 2000, em resultado do Regulamento (CE) N.º 141/2000 relativo aos medicamentos órfãos, os representantes dos doentes no COMP incluíram Yann Le Cam (Vice-Presidente 2000-2006), Alastair Kent, Birthe Byskov Holm, Pauline Evers e Lesley Greene, tendo todos contribuído para o seu sucesso.

Conheça os Membros do COMP

Saiba mais sobre o trabalho da EURORDIS na EMA

Ler mais sobre Medicamentos Órfãos e o processo de desenvolvimento de fármacos

Tradutores:
Ana Cláudia Jorge and Victor Ferreira

Page created: 11/09/2012
Page last updated: 14/03/2014
 
 
A voz das pessoas com doenças raras na EuropaEURORDIS A voz internacional das pessoas com doenças raras, Rare Diseases InternacionalRare Disease International Reúne doentes, famílias e especialistas para partilhar experiências num fórum multilinguístico. RareConnect O programa Rare Barometer é uma iniciativa da EURORDIS para a realização de inquéritos para transformar a experiência das pessoas com doenças raras em números e factos que podem ser partilhados com os responsáveis pela tomada de decisões.Rare Barometer An international awareness raising campaign taking place on the last day of February each year, Rare Disease Day is a EURORDIS initiativeRare Disease Day Adira ao maior encontro europeu das partes interessadas no âmbito das doenças raras na Conferência Bienal Europeia sobre Doenças Raras e Produtos Órfãos. A ECRD é uma iniciativa da EURORDISEuropean Conference on Rare Diseases