Prémios EURORDIS de 2016 – anúncio dos vencedores!

Prémios EURORDIS de 2016

Os Prémios EURORDIS de 2016 foram apresentados esta semana numa cerimónia realizada em Bruxelas. Os Prémios reconhecem os mais relevantes representantes dos doentes e as suas associações, os voluntários, cientistas, empresas, média e decisores políticos que contribuíram para reduzir o impacto que as doenças raras têm na vida das pessoas.

Yann Le Cam, Diretor Executivo da EURORDIS, comentou que «Os vencedores dos Prémios EURORDIS revelam um empenho excecional em apoiar pessoas que são afetadas ou vivem com alguém afetado por doenças raras. Todos os anos, constitui uma oportunidade importante para que, por um lado, se reconheça um trabalho árduo de vários indivíduos e organizações que ajuda a reduzir o impacto das doenças raras e, por outro, incentive outras pessoas a fazer o mesmo. »

Em breve, poderá assistir ao vídeo da cerimónia de entrega de prémios no canal de eventos da EURORDIS, disponível na EURORDIS TV. As fotografias dos vencedores dos prémios estão disponíveis aqui.

A seguir, apresentamos algumas informações resumidas sobre o vencedor de cada prémio. Pode encontrar as descrições completas no comunicado de imprensa completo.

Prémio Responsável pela Elaboração de Políticas – Cristian-Silviu Buşoi, Deputado do Parlamento Europeu, Roménia

Cristian-Silviu Buşoi, Deputado do Parlamento Europeu desde 2007, tem vindo a demonstrar ao longo do seu mandato uma visão sólida relativamente aos sistemas médicos europeus centrados nos doentes, acessíveis e com qualidade. Enquanto membro do Comité ENVI (sobre o Meio Ambiente, Saúde Pública e Segurança Alimentar) do Parlamento Europeu, utilizou esta plataforma para defender os direitos dos doentes em cada país. Além disso, Cristian-Silviu Buşoi tem também defendido com veemência os ensaios clínicos nas doenças raras, apoiando uma colaboração europeia multicêntrica para dar impulso à realização de parcerias entre todo os interessados neste domínio.

Prémio Voluntários – Tsveta Schyns-Liharska, Bélgica/Bulgária

Enquanto mãe de uma filha com a doença rara hemiplegia alternante, Tsveta Schyns-Liharska dedicou uma quantidade considerável de tempo a cuidar da sua filha e a trabalhar como voluntária na comunidade das doenças raras. Desde 2008 que as atividades de voluntariado de Tscveta incluem a participação como representante dos doentes no Comité Pediátrico da Agência Europeia de Medicamentos. Nestes últimos 8 anos, dedicou uma quantidade impressionante de tempo e trabalho como Coordenadora Científica do Registo Europeu do Projeto Esclerose Múltipla.

Prémio Média France Télévisions AFM-Téléthon, França

O Prémio Média da EURORDIS reconhece o apoio de longa data das France Télévisions por, nestes últimos 30 anos, transmitir ao vivo a Téléthon francesa, a qual é organizada em parceria com a AFM-Téléthon.

Prémio Associação de Doentes – UNIQUE – Grupo de apoio das Perturbações Cromossomáticas Raras, Reino Unido

Desde que foi fundado por Edna Knight em 1984, enquanto Grupo de Apoio da Trissomia 9, no Reino Unido, o UNIQUE tem constituído uma fonte de apoio mútuo e de autoajuda às famílias de crianças com perturbações cromossomáticas raras

Prémio Científico – Professor Dr. Peter N. Robinson, Instituto de Genética Médica Universitätsklinikum Charité, Alemanha

Peter N. Robinson é Professor de Genómica Médica no Universitätsmedizin Charité, em Berlim, sendo também líder de um grupo de investigação no Instituto de Genética Médica e Genética Humana. Entre outras atividades, desenvolveu a Ontologia para Fenótipos Humanos (HPO), que, ao tornar-se o padrão de descrição destes fenótipos, contribuiu para que os dados pudessem ser trabalhados e partilhados por várias equipas de investigação, permitindo o melhor conhecimento e reconhecimento das doenças raras.

Prémio Liderança Europeia na Área das Doenças Raras – Vencedores ex aequo: Antoni Montserrat Moliner, Jarek Waligóra e Michael Hübel, Da Direção-Geral da Saúde e da Segurança dos Alimentos (DG SANTE) da Comissão Europeia

O Prémio Liderança Europeia na Área das Doenças Raras vai para três grandes pioneiros da DG SANTE:

Antoni Montserrat Moliner tornou-se o principal Responsável pela Política de Cancro e Doenças Raras na Comissão Europeia há quase uma década. Foi fundamental no desenvolvimento e adoção da Comunicação da Comissão em 2008 e da Recomendação do Conselho relativa às Doenças Raras em 2009.

Especialista em Pediatria Genética, Jarek Waligóra tem contribuído ativamente com a sua formação para o cargo de Responsável pelas Doenças Raras na Comissão Europeia. Os seus antecedentes foram essenciais para a sua compreensão do formato e das questões importantes para todas as partes interessadas nas doenças raras.

Michael Hübel, Chefe da Unidade de Gestão de Programas e Doenças da DG SANTE, cumpriu o seu cargo de liderança com solidez e visão. Foi imprescindível para o arranque e apoio de políticas relacionadas com as doenças raras, nomeadamente, ao estabelecer o Grupo de Peritos da Comissão Europeia em matéria de Doenças Raras e o Grupo de Peritos da Comissão Europeia em matéria do Controlo do Cancro.

Prémio Empresas – Actelion Pharmaceuticals Ltd., Suíça

A Actelion dedica-se à produção de medicamentos inovadores para doenças com necessidades médicas não satisfeitas. Em particular, esta empresa fez a diferença para a hipertensão arterial pulmonar (HAP) na Europa e no mundo. Membro Esmeralda da Mesa Redonda Empresarial da EURORDIS, a Actelion tem apoiado várias iniciativas importantes da EURORDIS.

Prémio de Carreira – Renza Barbon Galuppi, Itália

Renza Barbon Galluppi é considerada uma «super-mulher» pela capacidade e força que tem para estar no lugar certo, no momento certo. Tudo começou com o diagnóstico de um tipo típico de hiperfenilalaninemia a dois dos seus filhos. O atraso no diagnóstico da sua filha mais velha e as suas consequências levaram-na a colaborar inicialmente com a associação de doentes envolvida nas doenças metabólicas e, pouco depois, com a UNIAMO, a Federação Italiana de Doenças Raras.

Nos últimos 10 anos, enquanto presidente da UNIAMO, Renza tem contribuído para sublinhar a importância que tem para as pessoas com doenças raras partilhar as suas experiências em associações e promover a sua integração na comunidade em todos os aspetos da vida.


Eva Bearryman, Junior Communications Manager, EURORDIS
Tradutores: Ana Cláudia Jorge e Victor Ferreira

Page created: 24/02/2016
Page last updated: 24/02/2016
 
 
A voz das pessoas com doenças raras na EuropaEURORDIS A voz internacional das pessoas com doenças raras, Rare Diseases InternacionalRare Disease International Reúne doentes, famílias e especialistas para partilhar experiências num fórum multilinguístico. RareConnect O programa Rare Barometer é uma iniciativa da EURORDIS para a realização de inquéritos para transformar a experiência das pessoas com doenças raras em números e factos que podem ser partilhados com os responsáveis pela tomada de decisões.Rare Barometer An international awareness raising campaign taking place on the last day of February each year, Rare Disease Day is a EURORDIS initiativeRare Disease Day Adira ao maior encontro europeu das partes interessadas no âmbito das doenças raras na Conferência Bienal Europeia sobre Doenças Raras e Produtos Órfãos. A ECRD é uma iniciativa da EURORDISEuropean Conference on Rare Diseases